terça-feira, 19 de junho de 2007

Hoje estou assim...




Hoje estou de todo! Não me encontro cá dentro... Procuro, procuro, mas não consigo encontrar-me...

E depois, ainda tenho o transplante (ou será desplante? Se calhar é desplante) de me queixar porque os outros também não conseguem encontrar o meu verdadeiro eu... Se nem eu, que sou eu, encontro o meu eu! Confuso? Um pouco, mas hoje estou assim, de todo!!!

10 comentários:

starxandra disse...

Nada confusa! Como eu te entendo....
Beijoca!

Thunder disse...

Nãoooo!
Vai já ler Fernando Pessoa e os seus "eus"!Pode ser que te encontres por lá!

Agora a sério, às vezes andamos assim.Por acaso a mim ajuda-me ler poesia, pois parece que de facto lá me encontro.Reparo que outros já sentiram o que eu sinto, mas eles foram capazes de o exprimir!Agora, ajudam-se a decifrar por palavras o que sou/sinto!

Beijos.

Carla M. disse...

rSim, às vezes também sinto isso... Que existem pessoas que sentem ou sentiram o mesmo que eu sinto no momento e também me ajuda ler as palavras dessas pessoas, transformadas em poema, ou não...

Obrigada pela dica, beijinho às duas meninas!

Anónimo disse...

Gato

Será que o meu gato é feliz? Isto pode parecer uma pergunta mais idiota, ser até a pergunta mais idiota, porque não pode ser respondida, embora tenha todo o sentimento, é uma pergunta que precisa de resposta, mas o que sabemos não podemos dizer. O que quero dizer é que a tua experiência pessoal não a podes traduzir em palavras. É como aquela pergunta: "Como é que tu pensas?" É idiota é um facto, mas consegues responder? Como não a colocar então? Eu gostava de saber como pensas.
Mas, enfim, se o meu gato for feliz eu quero ser um gato. Não há nada mais fácil, basta ser, parar onde se começa e tens a tua vida feita, sem esforço, no pico máximo que se pode atingir. Mas esta coisa das artes, será que alguém é feliz assim? Ou da filosofia, ou da ciência, alguém consegue descobrir a cura para a infelicidade? Andamos todos à procura... O que fazer? Meter-me num comboio e perder-me, ser filósofo, casar, ser artista, ser camponês e ter umas vacas, meter umas drogas, acertar no totoloto sei lá? Isto é tudo uma loucura. Anda toda a gente a tentar acertar no totoloto mas será que o Bill Gates é feliz? Pelo menos o Indiana Jones podia ter que se esforçar mas, no fim, estava tudo no sítio da cruzinha. E depois morrem todos felizes ou infelizes, com ou sem dinheiro, conhecidos ou desconhecidos, batem todos a bota. É como se o último sítio no mundo fosse um casino e tens dez contos para gastar. Mas ganhas ou percas tens de te ir embora à meia-noite, porque é à meia-noite que ele fecha. Mas não há mais sítio nenhum para onde ir...
Enfim, todos os arquitectos sabem que os prédios acabam por cair. E os costureiros sabem que todos os vestidos vão para o lixo. E toda a gente sabe que nada dura para sempre. Então para que é que se chega a fazer? Os arquitectos sabem que as pessoas têm de morar em qualquer lado, os costureiros sabem que as pessoas têm de se vestir, mas ninguém sabe porque é que tudo tem de durar seja o que for. É o ciclo vicioso da maçã. A macieira dura para dar maçãs, a maçã dura para a vaca a comer, a vaca dura para engordar e para o povo comer, o povo come para alguma coisa durar. Uns querem saber o é que é dura, outros não. Eventualmente tudo volta à macieira. O que se diz é que gostos não se discutem. É o grave dilema da ceifeira. A ceifeira é feliz mas não sabe, o outro caramelo sabe que ela é feliz mas não é. E o que o caramelo queria era essencialmente ser feliz e saber que era. Mas como também se diz por aí: não se pode ter tudo. Há sempre alguém à espera que salte um caramelo qualquer detrás da fogueira. Alegoricamente falando, claro...


beijinhos cinematográficos

David (DeltaFox) disse...

Estás melhor hoje ?

Acho que sei o que isso é :P
E o pior é que ninguem me arranja um mapa :P

Bjinhos
-------

Ahh, é verdade, onde está o Post em que davas um rebuçado por nomes de locais caricatos ? Ou estou a fazer confusão com outro blog ??
Tenho pelo menos um interessante !

Carla M. disse...

Gato, obrigada pelo texto, fizeste-me pensar um pouco... Mas, para a próxima, escreve menos, que isto ainda custa um bocadinho a ler! Ok, ok, podes escrever ainda mais, que não me importo de ler, porque, até ver, parece-me que escreves bem e o que escreves tem conteúdo... Já agora, apreciava saber quem é a pessoa por trás do gato, mas não é impreterível sabê-lo...

David, sim, era no meu blog que oferecia um rebuçado, mas não era para me dizerem nomes de locais caricatos, era sim, para me dizerem em que local ficava a catedral da fotografia desse mesmo post... Mas podes deixar o tal nome interessante que falas...

Beijinho a todos!

David (DeltaFox) disse...

Ops... me equivoquei eh eh eh

Sim, já respondi á tua questão !
Errei ou tenho direito ao rebuçado ?

O nome ... é melhor não eh eh ! :D

Thunder disse...

E hoje, como estás?

Carla M. disse...

David, erraste! Não é a catedral de Notre Dame... é outra, portanto, não tens direito a rebuçados! ;)

Thunder, hoje estou bastante bem... Neste momento não há quaisquer problemas existênciais em mim, aliás, que os há, há, mas estão adormecidos, por enquanto...

Sisi disse...

confusa???
sentimento k me é tao conhecido:)
espero k consigas encontrar o teu eu:)
beijinhos doces com sabor a xocolate
mu@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@:))))