quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

Tempo de bonança...

Pois é meus caros leitores. Há muito que não vinha cá dar-vos notícias, mas cá estou eu para "tentar" redimir-me por esta falta. Vou tentar ser mais assídua nestas "coisas da internet". ;)
Passei um período com pouca disponibilidade mental e física para aqui vir e escrever, por diversos motivos, que agora não interessam nada. (Onde é que eu já ouvi isto?) A vida dos que me rodeiam e a minha própria vida estão a caminhar para uma boa fase e isso deixa-me feliz, "de maneiras que" vou começar a vir cá comemorar as pequenas vitórias da vida mais frequentemente. (Mas não pensem que vêm para aqui "escarafunchar" na minha vida ãh? Isto não é nenhuma novela!!!) Ainda para mais, aproxima-se o Natal, que é o período de Festas que mais gosto e aprecio, principalmente se puder ser vivido entre família e crianças, claro. Natal sem crianças não tem piada. Pronto, voltei, voltei, voltei de lá, ainda agora estava em... Ups, não era que queria escrever mas já me saiu. (não se lembram desta maravilhosa canção de um senhor chamado Nel Monteiro? - ainda chega a ser da minha família, mas muito afastado!) Pronto, já estou a "desnortear", o melhor mesmo é acabar por aqui.

3 comentários:

Sifrónio disse...

É pá, o Nel Monteiro não!

Canta munta mal e é tão fiãozão!

Largueza Bicheza!

Meow disse...

Deus ma liber!

sandro disse...

Nel Monteiro é fixe !