sábado, 7 de abril de 2007

Amanhã é dia de Páscoa!!! Vamos todos apanhar doenças a beijar a cruz!!! 'Bora lá!!! :D

Será que os senhores que organizaram, há não sei quanto tempo atrás, a tradição de beijar a cruz de Cristo nunca se lembraram que esta é uma manifestação religiosa quase tão ou mais perigosa que a tradição existente nas Filipinas que o telejornal noticiou há dias????

Para quem não sabe o que fazem nas Filipinas nesta época de Páscoa: um homem (suposto voluntário...) é crucificado, tal como foi feito com o Messias há quase 2000 anos (a julgar pelo que "reza" a Bíblia), perante milhares de pessoas que pagam para ver... Além disso, fazem uma espécie de procissão/desfile em que um bando de homens se autoflagela perante a população/público animado com tanta devoção a Jesus Cristo, Nosso Senhor! E isto não são encenações, porque, a julgar pelo que vi, era mesmo real e deve mesmo doer com'ó catano!!!

"Aqui está um regalo para os olhos... Ai, esta Páscoa não me apetece beijar o Senhor! Vou antes até às Filipinas ver os devotos ainda mais devotos que eu, autoflagelarem-se quase até à morte! Ora cá está um belo programa de Páscoa para fazer em família! Vou já avisar os miúdos e o meu marido para levarem a câmara digital e de filmar!!!" Deve ser isto que as pessoas pensam quando tomam uma decisão tão humana e sensível como a de pagar um bilhete para ver a dor alheia autoinfligida ou infligida por outros!

Além de tudo isto, duvido um pouco de que o senhor que é crucificado como o Senhor o foi, o faça de livre e espontânea vontade. Quer dizer, pode ser que até o faça, mas em troca deve levar uma boa maquia...Digo eu...

Tudo isto para dizer que não percebo esta tradição de beijar a cruz. Não percebo! Ainda por cima, toda a gente beija no mesmo sítio! Há pessoal que tem herpes labial e assim… (que é o meu caso) e aquilo "pega-se" através do contacto! E há muitas mais doenças que podem ser transmitidas através do contacto com o CORPO DE CRISTO CRUCIFICADO NA CRUZ!

O que eu acho é o seguinte: se DEUS fosse a favor desta "tradição religiosa", acham que colocava os Cristãos na situação de poder apanhar uma panóplia de doenças só para o Seu filho ser beijado post-mortem? (Ainda por cima nem é mesmo o Messias que é beijado, mas sim uma simples estátua que O personifica!)...

Ó Senhor, achas mesmo necessária esta propagação de germes por todos os S. Domingos de Rana (arredores de Lisboa), Cu de Judas (existe mesmo e fica numa qualquer ilha portuguesa... não sei se nos Açores se na Madeira), Carrazeda de Ansiães (Trás os Montes), Olho (concelho de Cantanhede), etc… (não sei se esta parv...ai...tradição se faz só cá em Portugal)??? Se achas...tudo bem...Senão, manda aí um raio para que o pessoal aqui na Terra perceba que ao menos podem usar umas toalhitas desinfectantes para limpar o Teu filho de cada vez que é besuntado por um beijo repenicado de uma qualquer velhota com bigode e pêra deste País!!!

3 comentários:

Meow disse...

POr um lado, ainda bem que não vou passar a Páscoa a casa! Não tenho saudades nenhumas dessa tradição promíscua!

celina disse...

pois é, a Igreja Católica tem destas coisas... e como é sempre a última a mudar, a avaliar pela adesão dos beijoqueiros, isto inda vai pra mais uns anitos... outra situação semelhante é no natal: beijar a imagem do menino... mas aí é mais proveitosa porque acabamos por sair mais cedo :)
boa pascoa!
bj

Thunder disse...

Quando era pequena, a minha avó recebeu em casa dela o padre e eu recusei-me a beijar a cruz!Ficaram com vergonha porque eu disse "que nojo! Tem saliva de outras pessoas.Eu não beijo!" Fiz birra... E VENCI......até hoje porque nunca mais recebemos o padre. :)) Eu nem tenho religião!
Bjs.